Dicas para Prevenir Ataques Hackers em Sua Concessionária

A tecnologia nos carros de hoje é incrível. Características como avisos de partida de pista automática, travagem automática e controle de cruzeiro adaptativo direcionam praticamente o veículo para nós.

Mesmo os botões clássicos e os botões das interfaces do painel estão sendo substituídos por telas interativas que rivalizam os tablets em qualidade e controle.

Os fabricantes de automóveis estão fazendo o seu melhor para manter o estado da tecnologia, bem como seus perigos. Contudo, os contratos foram mais lentos para se modernizar.

O hacking em concessionárias é uma tendência crescente que não mostra sinais de desaceleração breve. Entenda os tipos de ameaças.

Hacking em Concessionárias – Um Tesouro para Hackers

E com a informação que possuem, nunca foi mais perigoso. O grande número de contas bancárias, números de roteamento, cartão de crédito e informações da Segurança Social e outros dados de identificação tornam as concessionárias um tesouro para hackers mal-intencionados.

É por isso que a empresa Wards Auto informa que o hacking em concessionária é uma tendência crescente que não mostra sinais de desaceleração breve.

Não só a pirataria pode ter um efeito negativo sobre seus sistemas, tornando o trabalho do dia-a-dia mais difícil, mas para as concessionárias, afeta a receita. Uma pesquisa realizada recentemente nos Estados Unidos, pela Total Dealer Compliance, constatou que 84% dos clientes não retornariam a uma concessionária que havia sido vítima de uma violação de dados.

Então, se você quiser proteger seus clientes e salvaguardar sua linha de fundo, aqui estão seis etapas que você pode tomar para ajudar a garantir o sucesso da sua concessionária em combater ataques cibernéticos.

 

Compreender as Ameaças

Os três primeiros movimentos são identificar as ameaças e entender de onde elas provêm. Os pontos de acesso mais comuns para dados sensíveis são via e-mail ou diretamente de funcionários da concessionária.

 

1 – Defraudar

Isso se refere ao scam de e-mail que penetra na maioria dos lotes de automóveis. É quando uma festa maliciosa envia um e-mail da conta de alguém que você reconhece com uma mensagem aparentemente inofensiva. Se um funcionário o abrir e cumpre o pedido dentro, no entanto, ele ou ela pode, de forma inconscientemente, dar acesso ao acesso de pessoas malévolas a informações confidenciais no servidor interno da concessionária. Estima-se que 91% de todos os hackers começam assim, de acordo com a Wired.com.

 

2 – Spear Phishing

Enquanto o Phishing é destinado a uma rede ampla, o Spear Phishing  é destinado a um grupo seleto de pessoas com acesso privilegiado às informações mais valiosas de uma empresa. Isso cria um aumento do nível de vulnerabilidade para as concessionárias e uma maior recompensa para os criminosos. Infelizmente, à medida que os hackers se tornam mais sofisticados, seus falsos e-mails e sites ficam cada vez mais difíceis de identificar.

 

3 – Erro Humano 

Nós somos humanos e cometemos erros. Mas um simples lapso de diligência pode levar a dados roubados e a perda de confiança do cliente. Um funcionário que desconhece um dispositivo móvel como um celular ou tablet, não bloqueia e protege arquivos físicos, ou usa equipamentos desatualizados pode estar criando uma vulnerabilidade que coloca a informação do seu negócio nas mãos erradas.

 

Mitigar as Ameaças

Estas próximas três etapas são itens acionáveis ​​que você pode tomar para se preparar para a ameaça de um ataque cibernético e aliviar o risco de comprometimento dos seus dados.

 

4 – Crie Protocolos e Mitigue o Erro Humano

Adicionar burocracia aos procedimentos não é divertido, mas pode manter os dados seguros. Reduzir o erro humano ao criar um conjunto de diretrizes que os funcionários devem seguir ao usar o equipamento e a tecnologia da concessionária. Crie logs para o uso de dispositivos móveis, estabeleça atualizações de software regulares e faça inspeções de fim de dia para verificar a segurança de todos os dados físicos e digitais. Nenhuma ferramenta é mais poderosa do que o conhecimento, para garantir que os funcionários compreendam os riscos e educá-los nas melhores práticas para prevenir ataques.

 

5 – Tenha um Parceiro

 Os concessionários não se especializam em segurança cibernética ou mitigação de riscos, por isso é importante estar alinhado com alguém que possa fornecer orientação nos sistemas de eventos, como uma empresa que fornece serviços de proteção de dados. Certos provedores, seja como uma agência autônoma ou parte da cobertura de seguro existente, podem ajudar as concessionárias a controlar os erros que podem exacerbar a situação. Além disso, o parceiro certo terá uma compreensão abrangente dos objetivos de negócios e poderá aconselhar sobre decisões que se alinhem com as prioridades da concessionária.

 

6 – Seja Segurado

 As consequências de um vazamento de informação podem ter ramificações financeiras e legais – para não mencionar assustar os clientes. Verifique com seu agente de seguros para garantir que sua política tenha cobertura de compromisso de dados ou algo parecido. Isso garante o negócio quando há uma violação de dados, roubo ou divulgação não autorizada de informações pessoais. Isso pode ajudar com os danos financeiros decorrentes da violação, com alguns planos, mesmo cobrindo os custos legais e de notificação exigidos da concessionária.

 

O Que Você Está Esperando?

Em 2015, 780 falhas de segurança de dados representaram 177.866.236 registros pessoais sendo expostos – uma pessoa a cada seis segundos. Em 2016, o número de hacks aumentou 38%, de acordo com a PriceWaterHouseCoopers. E este ano, o Google, Blue Cross Blue Shield e o IRS foram vítimas de inseguranças de dados, apenas para citar alguns.

Essas tendências são por que precisam ter uma estratégia para ajudar a limitar a acessibilidade de sua concessionária a intrusos maliciosos e um plano no local em caso de que haja uma violação. Saiba como alertar os clientes afetados, identificar e entrar em contato com as autoridades competentes e informar imediatamente a sua agência ou operadora de seguros sobre a situação.

É difícil dizer de onde virá a próxima ameaça cibernética, mas se os concessionárias de automóveis são proativas na defesa da informação, eles podem não acabar como as próximas vítimas na tendência crescente dos ataques cibernéticos.

A Mais Completa Solução de Segurança para a Sua Empresa:

Se você está procurando uma solução completa de segurança para a sua empresa, conheça a Solução Anti-Hacker S3, da S3curity.
A mais completa solução para proteger sua empresa de malwares, acessos não autorizados, diversos tipos de como ataques 0Days, ataques DDoS e perdas de dados.

 

A Solução Anti-Hacker S3 Contém: 

  • Gerenciamento de Firewall;
  • Gerenciamento de Antivírus;
  • Gerenciamento de Endpoints;
  • Disaster Recovery;
  • Monitoramento Ativo 24/7.
  • Análise de Vulnerabilidades e Teste de Invasão (Pentest);

Entre em Contato com a S3curity e saiba mais sobre a Solução Anti-Hacker S3.

 

Fontes: